Faturas/Documentos Comerciais e as Novas Obrigações em 2023

A partir de 01-01-2023, passam a existir novas obrigações, referentes á emissão de documentos comerciais (Faturas, Notas de Crédito, etc):

– Comunicação das Séries á AT (Autoridade Tributária), antes de 31-12-2022;

– Documentos Comerciais com ATCUD e QR Code (este já obrigatório desde 2022)

Estas Obrigações também são obrigatórias para quem emite, ainda, faturas em Papel (nestes casos devem falar com a vossa Tipografia Autorizada pela AT)

A comunicação de séries de faturação à AT é obrigatória para todas as empresas a partir de 1 de janeiro de 2023, e fundamental para o preenchimento do ATCUD, também obrigatório a partir da mesma data.

Verifique se o seu Software já está atualizado para estas questões……

Como se processa a comunicação de séries de faturação à AT e a inclusão de ATCUD. 

Para obter o código de validação de séries de faturação, a empresa tem de comunicar previamente à AT as séries de documentos (de faturação e outros fiscalmente relevantes), que vai usar em 2023. Após esta comunicação, a empresa irá receber o código de validação das respetivas séries, que irá ser parte integrante no ATCUD.

O ATCUD – código único de documento -, é composto pelo código validação da série (emitido pela AT) e o número sequencial do documento. Deve constar em todas as páginas dos documentos de faturação (e outros fiscalmente relevantes) emitidos pela empresa.

O Código Único do Documento – ATCUD – é um elemento que vai passar a ser obrigatório nas faturas e outros documentos fiscalmente relevantes a partir de 2023. Inicialmente e, de acordo com a Portaria n.º 195/2020, de 13 de agosto, o ACTUD deveria entrar em vigor em janeiro de 2022.

No entanto, como consequência da não aprovação do Orçamento do Estado para 2022, a obrigatoriedade da utilização deste código passou a ser o dia 1 de janeiro de 2023. Enquanto não estiver em funcionamento, tanto o SAF-T como o código QR devem indicar “zero” no campo ATCUD, de acordo com indicações no Portal das Finanças.

O ATCUD é um código único composto pelo código de validação da série e pelo número sequencial do documento dentro da série, atribuídos pela Autoridade Tributária. Este código de validação da série vai ser composto por um conjunto de oito carateres, no mínimo, e vai permitir identificar um documento independentemente de quem o emite, qual o seu tipo ou série utilizada.

A utilização do ATCUD pretende simplificar a comunicação das faturas e agilizar o processo de definição das despesas dedutíveis em sede de IRS. Desta forma, existe uma maior segurança e transparência para o comerciante e para o cliente.

É, naturalmente, mais uma ferramenta no combate à fraude e evasão fiscais, a par da utilização do QR Code, obrigatório a partir de janeiro de 2022.

Tudo o que precisa de saber para validar faturas no E-Fatura

Tudo o que precisa de saber para validar faturas no E-Fatura

Tem até 26 de fevereiro de 2024 para validar as suas faturas no E-Fatura e garantir todas as deduções a que tem direito, rentabilizando assim o reembolso do IRS.   IRS referente a 2023 O IRS referente a 2023, é entregue entre 01 de Abril e 30 de Junho de 2024. É...

Novos escalões de IRS para 2024

Novos escalões de IRS para 2024

Novos escalões de IRS para 2024, permitem mais rendimento líquido ao final do mês (consulte aqui exemplos), mas vão provocar, na generalidade dos casos, menos reembolso em 2025. Os Trabalhadores e pensionistas vão ter mais rendimento líquido mensal graças às novas...